BeautyEveryWhere

Esse post provavelmente vai ganhar o premio de dica mais atrasada da face da terra!

Originalmente era pra ter escrito esse post ano passado, quando estava esquiando no Colorado… Mas o post acabou nao entrando no ar e nem sequer achei mais a foto do meu “kit” do ano passado.

Entao esse ano quando estava esquiando em Chamonix, na Franca, aproveitei pra tirar uma foto atualizada dos produtos que levei naquela viagem, que mostra alguns novos produtos, mas na verdade mantem o “moral da historia” de qualquer viagem pra neve e frio!

neve

Pra comecar que montar um necessaire pra neve eh muito parecido com uma viagem pra praia: o foco principal eh o filtro solar altissimo!
Afinal as vezes a gente esquece que apesar do frio (entao nao sentimos o sol “queimar” a pele), o sol nas montanhas eh super forte, devido a altitude elevada e principalmente por causa dos reflexos do sol e dos raios UV na neve.

Alem disso, por nao sentirmos o sol na pele, acabamos nao nos dando conta que passamos MUITAS horas com a pele exposta ao sol enquanto praticamos esportes de inverno, o que deixa os pedecos de pele “ao leu” muito mais vulneraveis.

Entao o foco deve sempre ser: protecao e recuperacao!

Protecao em forma de filtro solar – qualquer um que seja ultra power, resistente a suor (se voce for praticar algum esporte na neve, vai se surpreender o quanto vai suar, mesmo com o frio a sua volta!), e como voce vai usar gorro, oculos, cachecol etc e muitas coisas “esfregando” sua pele, o filtro tem que ser resistente e se fixar bem na pele. E nao esqueca de levar seu filtro com voce para as montanhas, para poder re aplicar ao longo do dia.

Eu uso sempre o mesmo filtro que uso na praia, o azul da Shiseido!

Mas apesar dos pesares e pele fica muito ressecada e “repuxada” por causa do vento, entao sempre capricho na hidratacao!

Pro rosto levei o hidratante da SkII, que eh bem denso, apesar de nao ser nada oleoso, e para o corpo o Creme de Corps da Kiehl’s que acho bem grude para o dia a dia, mas eh perfeito em situacoes extremas de pele ressecada!

E enquanto estava em Chamonix, postei umas fotos no Instagram, e algumas meninas me perguntaram sobre a maquiagem que eu estava usando.

photo 1

E usei os mesmos produtos basicos do dia a dia que ja postei aqui algumas vezes:

photo 2

Na pele o po compacto da Shiseido (tambem com filtro solar, da mesma linha azul do filtro solar que comentei acima), corretivo nas olheiras (Touch Eclat pra iluminar tudo e um tico do Cle de Peu por cima pra cobrir bem as olheiras na parte mais interna), blush pra dar uma corsinha (nessa viagem levei o Orgasm da Nars), o delineador “Skinny Liner” da Eyeko (que no outro dia tambem falei dele no Instagram) que nao derrete de jeito nenhum e eh super facil de passar, e rimel (que nessa viagem levei o Telecopic da L’Oreal, que eh super classico e antigo, mas que estou adorando o efeito!).

Quem ja le esse blog a bastante tempo sabe que nao sou das maiores fans da Kerastase nao. Geralmente acho que seus produtos prometem demais, custam demais, fazem hype demais e cumprem de menos.

20140225-204328.jpg

Um dos poucos produtos da Kerastase que ja gostei MESMO foi o leave in  Nutri Thermic, que realmente usei bastante e amava.
E ai que eu tenho uma mania de usar todos os meus produtos ate o fim, mas nunca “acabo” nenhum deles, e volta e meia guardo um “restinho” de meus prefeidos, para poder usar em momentos de desespero!

E numa dessas, arrumando o armario do meu banheiro uns meses atras , resolvi usar de novo o utimo pingo do Nutri Thermic! Lembrei o quando adorei aquele leave in, e tinha decidido que ia coprar de novo.

Mas ai quando fui procurar on line, acabei vendo que as resenhas e recomendacoes do Ciment Thermic eram bem melhores – e nessa, a curiosidade me pegou e desviei minha atencao de um pro outro, e acabei comprando o Ciment Thermic!

AMEI! AMEI! AMEI!

A comecar pelo cheiro, maravilhoso (pena que dura pouco!), a textura levinha que nao pesa nos fios, e pode ser usado nos cabelos molhados e secos, sem pesar nem melecar. E o melhor – sua acao eh potencializada com o calor do secador ou da prancha!

Na verdade ele eh recomendado principalmente para quem usa calor no cabelo com frequencia, que eh exatamente o meu caso durante o inverno (que fico escrava do secador, porque tenho muito cabelo e demora seculos pra secar! E no frio entao, passo o dia todo com os fios pingando e nao seca naturalmente de jeito nenhum!).

A textura e maciez dos fios fica imprecionante, e da um brilho extra incrivel! E de quebra, de vez em quando ainda passo mais um pouco nas pontas, mesmo depois de seco – sabe quando o cabelo fica meio amassado de usar gorro ou chapeu, ou voce pegou um vento chato e quer dar uma ajeitadinha com o secador antes de sair de novo?

Entao? Eh so espalhar uma gotina do produto nas pontas, usar o secador com uma escova redonda e pronto!

E ja que estava num momento de bem com a Kerastase, quando fui ao Brasil no Natal minha irma me deu um kit do Elixir Ultime de presente – ela ganhou de presente de seu cabeleireiro, mas como tem o cabelo muito fininho e oleoso (o oposto do meu!), ficou com medo de usar um produto “com oleo” na formulacao e acabou me dando tudo!

Eu provavelmente nao teria comprado (e definitivamente nao teria pago os precos do Brasil por eles!) o kit completo, mas gostei dos resultados!

O shampoo achei bem normal… cheiroso e tal, mas realmente essa historia de ser um shampoo “oleo” eh meio aflitivo, e apesar de limpar e lavar bem, ele nao faz muito espuma, o que acho estranho e acabo usando mais produto do que deveria…

Ja a mascara eh bem boa – tambem muito cheirosa e potente! Basta um pouquinho e ela ja espalha bem no cabelo todo (e olha que tenho bastante e estou num momento compridao, super cabeleira do Zeze!), bem hidratante e tal. Nao eh exatamente a melhor-do-mundo-super-vale-o-investimento nao, mas ainda assim gostei!

Mas o que gostei mesmo foi do oleo!

E desde usei o Maroccan Oil pela primeira vez (logo que passou a ser vendido no UK, bem antes de virar aue…) eu ja tentei outros tipos de oleos e outras marcas, mas sempre achava que eles acabavam pesando no cabelo, deixando com cara de sujo antes do tempo e nao “asentavam” os fios tao bem.

Nao sei se afirmaria que o Elixir Ultime eh melhor que o Morroccan original, mas com certeza eh tao bom quanto!

E ela ainda eh mais “mil e uma utilidades”, pois pode ser usado como mascara hidratante (gosto de misturar com outros produtos pre-shampoo) ou simplesmente pra dar um protecao extra nas pontas de fios longos antes de lavar (tenho usado como meu pre-shampoo no dia a dia), alem de durar MUITO!

Ja estou usando bastante, praticamente todos os dias desde o natal, e o vidro ainda esta cheio, como se mal tivesse usado nada – e como disse acima, meu cabelo esta super comprido, e eu tenho bastante cabelo. Ou seja, dura bem!

Algumas meninas no Instagram me perguntaram se “vale o investimento” (pelos precos no Brasil, comprar Kerastase eh tipo investir na bolsa de valores ne?!), mas acho isso tao dificil de dizer!

Pra comecar que eh dificil afirmar o que eh caro e o que eh barato, pois cada um tem suas prioridades financeiras, mas principalmente porque eh impossivel afirmar se determinado produto que deu super certo pra mim vai dar super errado pra outra pessoa, e vice versa!

Eu nao sei se compraria novamente o shampoo e mascara, pois apesar de ter gostado bastante de ambos, nao foi nada assim revolucionario (e gosto de variar mesmo), mas com certeza virei fa do oleo e me vejo recomprando varias e varias vezes!

 

A umas semanas atras eu viajei pra Madrid a trabalho e postei essa foto do meu “kit viagem” no banheiro do hotel:

20140221-141641.jpg

Na verdade nao eh a primeira vez que faco esse tipo de post por aqui, mas como os produtos estao sempre mudando e os preferidos vao se reciclando, acho valido sempre fazer novos posts!

Bem, da esquerda pra direita:

- Clarins UV Mineral HP – Filtro solar mineral, levissimos da Clarins que ja rolou post aqui no blog!

- SkII – Hidratante power da marca Japonesa SkII, que tambem ja fiz post a um tempinho atraz. Nao amo de paixao nao, mas eh excelente quando quero um produto mais denso ( ar em Madrid eh muito seco e minha pele sempre sofre quando fico por la bastante tempo!)

- Advanced Night Repair da Estee Laurer – esse eh um preferidissimo antigo que nao sai da necessaire de jeito nenhum (tambem ja fiz alguns posts sobre ele ao longos do anos. Apesar de ser noturno, uso dia e noite!)

- Kerastase Elixir Ultime – versao miniaturas do shampoo, mascara e oleo da linha Ultime da Kerastase (que estou usando atualmente e quando vi a versao mini pra viagem nao resisti e achei super pratico!)

- Carmex de bastao – o melhor protetor labial do planeta (uso e ja usei varios outros, mas nada chega aos pes de se comparar com o Carmex, e a versao bastao eh ainda melhor! Pena que so vende nos EUA – entao sempre qu evou faco um super estoque!)

- Creme de Corps Kielh’s – um super classico corporal, mas que nao gosto para o dia a dia (acho melequento demais), mas super bom pra viagens para climas secos que sei que a pele do corpor vai sofrer! A noite passo no copo todo depois do banho, mas depois do banho da manha passo so nas areas criticas, pois ele meleca mesmo e fica grudento na roupa (como malho todos os dias de manha tomo uma chuveirada rapida de manha e um banho “de verdade” a noite”)

- Clinique All About Eyes Rich – amor eterno pelo creme de olhos da Clinique! Ja uso a tantos anos que ja ate perdi a conta! Tem uma texura perfeita e fica otimo pra usar por baixo do corretivo sem “craquelar”!

- Cetaphil – sabonete cremoso para lavar o rosto

- Degree – desodorante em bastao tamanho mini

- Matrix Keratin Leave in – ganhei de presente da minha sogra (ela sempre me da umas miniaturas de viagem de presente pois sabe que eu uso muito!) e gostei! Nao sei se compraria pra usar todos os dias em casa, mas cumpriu bem sua funcao durante a viagem (deixou o cabelo bem macio, hidratado e afins).

 

20140218-083749.jpg

Ha uns meses atras eu estava fazendo as malas para uma viagem a trabalho e me dei conta que meu filtro solar estava nas ultimas (o da Kiehl’s que eu ja estava usando a bastante tempo), ai pensei: “vou deixar a embalagem quase vazia em casa e comprar um novo no aeroporto” e esqueci completamente.
Só na manhã seguinte é que me dei conta que ia voar saindo de um aeroporto diferente em Londres que nao tem Kiehl’s!
Mas como Madrid eh uma cidade muito ensolarada e eu estou em pleno tratamento para (tentar) apagar os melasmas da gravidez, resolvi nao arriscar ficar uns dias sem filtro solar (mesmo no comecinho do inverno – eu uso filtro alto todos os dias, chova ou faca sol, e ate pra sair a noite!), e entre as muitas opcoes no free shop do aeroporto (City Airport em Londres, a quem interessar possa!) eu fizei as atencoes no UV Us HP Mineral da Clarins.
A verdade verdadeira é que a Clarins eh uma marca que nunca me atraiu muito nao. Ja usei alguns produtos ao longo dos anos (um creme para os olhos a muitos anos atras e um outro anti-celutite e anti-tudo para o corpo) e nenhuma deles marcou muito, entao simplesmente nao era uma marca que cobiço frequentemente.
Mas achei esse filtro com uma proposta diferente: a embalagem pequena e compacta (otima para viagens!) promete um filtro mineral super potente (com uma formula parecida com o filtro de embalagem azul da Shiseido que eh meu preferido pra praia), mas de textura ultra levinha, que desaparece na pele, e que ainda pode ser misturado em qualquer outro creme/loção, adicionando proteção solar a qualquer produto de pele!
Amei a textura de cara – super leve e praticamente “aguado”, mas que espalha bem e realmente some na pele em segundos, sem deixar resíduos nem nenhuma sensação estranha (muito comum em filtros solares!)!
Mas ai outra duvida surgiu: sera que ele hidrata a pele? Eu sei que para quem mora no Brasil ou em climas quente isso não é um problema (muito pelo contrario), mas com a chegada do inverno e seus ventos impiedosos, a pela sempre fica mais seca mesmo, e independente do seu tipo de pele, tem que hidratar!
E principalmente depois que voltei a usar meus acidos passados pela minha dermato no Brasil, a minha pele sempre acaba ficando mais seca e sensível mesmo, então tenho que hidratar sempre.
Mas ai fica a duvida: comprar um filtro solar (levemente) mais denso, que proporcione hidratação, ou arriscar com uma formula mais levinha e focar com um (outro) produto mais especifico pra hidratar?
Eu estava mesmo querendo modificar um pouco minha rotina para adicionar produtos mais especificos para hidratacao durante o dia (e ajudar a contrabalancear a sensibilidade causada por acidos e principios ativos na rotina da noite) e achei que essa era a hora!
Entao decidi pela dupla: UV HP Plus Mineral e o Flash Balm (Beaute Eclair), ambos da Clarins.
O Flash Balm eh um classico de beleza, e geralmente quem usa ama ate a morte (seus seguidores fieis sao tipo os fans do “8 Hours Cream” da Elisabeth Arden e arrastam muiltidoes!), mas sempre achei que seria um passo desnecessario pra mim – mas resolvi dar o braço a torcer e não me arrependo!
O Flash Balm tem uma textura meio em gel, mas espalha e absorve como um creme, sem deixar a pele pegajosa, e eh um produto “acumulável”: eh so passar mais onde a pele precisa de mais hidratacao, ou passar uma camada mais leve onde a pele precisa de menos.
Alem disso ele tambem pode (e deve) ser usado como uma mascara hidratante/revitalizante para o rosto, dando um UP extra na pele.
De cara eu achei que ele deu um efeito assim meio “cara lavada”, sabe? Sabe quando voce acaba de lavar o rosto e parece que a pele fica mais uniforme, os poros mais fechadinhos? Tipo isso!
Alem de nao ser nada irritante, mesmo nos momentos de “sensibilidade” alta causada pela dupla inverno + acido retinoico!
Aprovadissimos!
Acabei me dando conta que com um passo a mais na rotina, a pele do rosto tem se mantido mais hidratada e menos sensivel, mas ao mesmo tempo menos “oleosa” ao longo do dia, justamente por estar usando produtos de consistência e função mais específicas!
Aprovados!

Sabe aquele momento desesperadamente tedioso entre o avião começar a taxiar, você ter que desligar todos os aparelhos eletrônicos e finalmente decolar?
Pois é, numa dessas ultimas viagens, esse período demorou horrores, e me dei conta que nao tinha nada pra ler em papel (desvantagem numero 1 do Kindle ou iPad mas viagens! Nao poder ler durante decolagem e pouso), então comecei a folhear a revista de bordo da British Airways.
Na verdade eu adoro essas revistas de bordo, pois sempre tem umas reportagens interessantes sobre destinos turísticos e temas mais business, mas dessa vez ja era a 3 vez no mesmo mês que estava num vôo da BA e já tinha lido a revista de cabo a rabo.
Então mim momento de desespero tedioso, apelei pra revista do free shop do avião, e dei de cara com uma reportagem bem interessante sobre a nova versão do meu Serum do coração “Advanced Night Repair” da Estee Lauder.
E nao é mesmo a primeira vez que falo desse Serum por aqui – ele faz parte da minha rotina noturna a anos, e uma daqueles rituais e produtos pra levar pra vida toda: dos 20 aos 100 (e se deus quiser, chegar aos 100 com pele de 80!).
Como eu já tinha visto a nova embalagem na Selfridges e no próprio free shop do Heathrow (mas sem dar muita atenção), reparei que no free shop do avião estava ainda mais barato, então aproveitei pra comprar logo (dica rápida: geralmente os produtos vendidos no free shop do avião sempre tem um descontinho extra em cima do preço ja tax free do aeroporto!).

O Advance night Repair é o carro chefe da Estee Lauder a mais de 30 anos, e esse novo lançamento é a 5• geração do produto, que é todo embasado por pesquisas de DNA, regeneração da pele e afins (bem aquela coisa que você meio que não entende nada, meio que não sabe se acredita nos poderes milagrosos, mas que meu lado beauty-nerd adora!

20131122-133844.jpg

E como a reportagem disse que o estudo usou como cobaia pessoas que tem a pele mais castigada: mães e pais de crianças pequenas e pessoas que viajam muito de avião!
Oi?! Feito especialmente pra mim né?

Semana passada quando estava em Milão, postei umas fotos no Instagram e algumas meninas pediram pra compartilhar o segredo dos cílios gigantes!
Mas infelizmente, lamento informar que o “milagre” não é resultado de nenhum super rímel…
Quem lê o blog a mais tempo sabe que nao é de hoje que reclamo dos meus cílios: ate que são longos, mas sao ralinhos e super retos, e portando apenas com super mega máscaras é que da pra perceber que sequer tenho cílios.

20131113-082935.jpg

Pois bem, ate que a menina que faz minha sobrancelha (no “beauty bar” Shavata na House of Frasier da Oxford Street em Londres) sugeriu um “eyelash lift”, uma nova técnica de permanente de cílios.

Eu nunca tinha pensado em fazer pois nao gosto daquele resultado “curly” artificial que a permanente da nos cilios, mas essa técnica é diferente, e em vez de “enrolar” os cílios, eles apenas curvam para o alto.

20131113-083313.jpg

20131113-083331.jpg

O efeito dura entre 1 mês a 6 semanas (o meu já esta firme e forte a 3 semanas!) e na hora você já vê uma diferença enorme!
Na verdade o efeito que da é de um super curvex que dura semanas! (Se bem que eu nunca consegui esse efeito com curvex nenhum, pois depois de uns minutos de rímel meus cíclicos vao murchando… Mas o lift segura!!)

O processo é fácil, mas demora cerca de 45 minutos sem abrir os olhos, o que achei um saco!
É preciso tambem fazer um teste de sensibilidade no mínimo 24 horas antes, e sempre reservar seu horário!

O beauty bar (ja falei deles aqui e no Dri Everywhere! Super práticos pra quem vem a passeio ou mora em Londres!) Shavala fica no andar térreo da House of Frasier na Oxford Street (o lash lift custou 50£ e a sobrancelha de linha custa entre 10 e 15 libras).

Umas semanas atras no escritório, estava rolando um papo sobre unhas, esmaltes e unhas de gel, e uma colega Americana comentou do esmalte/base “Gelous”.
O produto é simples, mas é uma sacada de mestre: uma base incolor em gel, que pode ser usada com qualquer esmalte que você preferir e promete resultados tão bons e duradouros quanto esmaltes como Gelish e Shelac.

20131028-124417.jpg

Nos dias seguintes a essa conversa, ela vinha na minha mesa todo dia me mostrar: “viu? Minhas unhas ainda estão intactas!”.
E depois de vários dias vendo com meus próprios olhos, resolvi procurar essa base aqui no UK.
O Gelous ainda nao vende por aqui, mas bastou uma procuradoria no Google e achei vários vendedores no eBay (então deve ser fácil achar algum que entregue no Brasil tambem!).
Nos EUA ele é super baratinho (acho que coisa de 6 dólares), e no eBay foi um pouco mais caro, mas ainda assim paguei cerca de 9 libras (incluindo frete), que é uma fração do preço de uma manicure com gel (cerca de 50 libras!).

20131028-124815.jpg

Assim que chegou fui correndo fazer as unhas! E aproveitei pra usar o mesmo esmalte que já tinha usado na semana anterior (Vintage Vamp da Mac) e que durou míseros 3 dias (a Mac tem cores ótimas, mas a durabilidade do esmalte é no mínimo sofrível!).

O processo é simples, e vc só vai precisar de 3 produtos: Gelous, seu esmalte e uma base (tipo extra brilho) incolor.

Comece com uma camada de Gelous na unha limpa. Deixe secar por uns minutos, e aplique outra camada de Gelous (isso, sao duas camadas).
Depois, passe a primeira camada de seu esmalte preferido.
Deixe secar alguns segundos, e aplique outra camada de Gelous.
Depois de alguns segundos, aplique outra camada do seu esmalte.
E por fim, seu extra brilho/top coat preferido.

E voila!

Demora um pouco mais pra secar, pois sao muitas camadas, mas nada demais nao!

De cara as unhas já ficam com um brilho incrível, uma superfície uniforme, assim bem “laqueado” mesmo, como se fosse Shelac ou Gelish!

E a duração?! Incrível!!
As unhas (todas as 10!!) ficaram intactas por quase 1 semana e meia, mesmo tendo aparado as unhas com cortador e lixa nesse meio tempo (minhas unhas crescem muito rápido e tenho horror a unha compridona, então sempre corto).
Mas na véspera de completar 2 semanas de unhas perfeitas, e fiz o favor de abrir uma embalagem e detonar a unha do dedo indicador!!

20131028-125708.jpg

Mas da pra ver que todas as outras ainda estão brilhantes e viçosas!

E o que eu gostei mesmo foi como é fácil de retirar o esmalte depois! Como se fosse esmalte normal mesmo (ja pra tirar os esmaltes em gel é um saco, tem que deixar de molho…) e sem
Detonar as unhas por baixo (outro grande problema das unhas de gel), então da pra usar direto, sem danificar a estrutura das unhas!

E tenho usado direto desde entao!

Quando faço as unhas com Shelac ou Gelish o esmalte dura numa boa umas 3 semanas, mas a verdade é que depois que passa da segunda semana a “faixa” de unha crescendo começa a dica bem feia, e a cutícula selvagem demais…
Então o bom do Gelous é que ele dura numa boa as duas semanas também, e quando começa a ficar feio, é só tirar o esmalte com algodão e acetona sem grandes trabalheiras!

Aprovado!

UPDATE: meninas, atendendo a pedidos, esse é o vendedor do eBay que eu comprei o meu Gelous aqui em UK!
Eles ainda tem alguns vidrinhos disponíveis!

Twitter

Blog Stats

  • 1,563,555 hits
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 137 outros seguidores